quarta-feira, 14 de junho de 2017

Roteiro Sul da Alemanha: Alpes da Baviera

Alpes de Berchtesgaden – a atmosfera serena e as grandes paisagens das montanhas bávaras 

Lago Königsee clicado da montanha Jener
Se a ideia é conhecer a natureza exuberante da Baviera, a boa é seguir a Berchtesgaden, uma cidade a 150 Km de Munique, encravada entre as montanhas dos Alpes Bávaros, em um dos cantinhos mais charmosos do sul da Alemanha. A cidade é pequenina, com um centro histórico simpático, com arquitetura em estilo alpino. Há muitos hotéis e resorts de montanhas nos arredores para quem quiser desestressar e curtir a tranquilidade bucólica da região. Dois a três dias, no entanto, é tempo suficiente para decorar todas as ruas da cidade e fazer os principais passeios pelo parque nacional de Berchtesgaden.
Lago Königsee cortando os alpes bávaros
Aqui o espetáculo fica por conta da natureza. São seis cadeias de montanhas nos arredores da cidade, que são consideradas reserva biológica pela Unesco e formam o parque Nacional de Berchtesgaden. Nele está a segunda maior montanha da Alemanha, a Watzmann, com 2.713 metros, e o fotogênico lago Königssee, de águas esmeraldas e cristalinas. É hipnotizante o reflexo dos paredões dos alpes nas águas do lago. Um barco elétrico (que não faz barulho para manter o silencio natural) parte do pequeno porto da cidade e segue margeando em um passeio de 35 minutos, que leva até a simpática igreja de São Bartolomeu, de 1134. Em determinado ponto, o capitão faz uma pausa e toca um clarinete que ecoa artisticamente entre a cordilheira. A opção de passeio mais longa (55 minutos) chega até o vale do Salet, onde uma curta caminhada leva ao lago Obersee, um pouco menor e compacto, com mais um espetáculo de luzes e reflexos naturais. 
Igreja de São Bartolomeu no lago Königsee
Tudo fica ainda mais impressionante visto de cima da montanha Jenner, um destino para caminhadas, esquis e passeios para curtir a natureza. O teleférico, que fica a cinco minutos de caminhada do cais do passeio de barco, leva a diversas estações morro cima. Na última delas, há uma cafeteria com um delicioso terraço ao ar livre, e que serve de pit stop antes de uma caminhadinha de dez minutos até o ponto mais alto da montanha. A recompensa é avista para o lago Königssee. 
Vista do fotogênico lago Königssee da montanha Jener 
Da estação anterior (a Mittelstation, a 1.200 metros), há possibilidades de trilhas pela montanha em si, com mais uma bela surpresa visual diante do lago Speicherteich. O passeio vale mesmo para quem não estiver disposto a caminhar, pois o visual das montanhas e das águas azul-turquesa dos lagos exibem-se a todos, mesmo que seja apenas da janelas do bondinho. 

Lagos na montanha Jenner 
A cidade de Berchtesgaden também guarda um passado sombrio, mesmo que um pouco disfarçado pelas esplendidas belezas naturais. No pico da montanha Obersalzberg, encontra-se intacto o Ninho da Águia, a residência de Adolf Hitler. O projeto foi planejado por Martin Bormann, um fiel seguidor do Führer. Levou 13 anos para ser construída, junto com a estrada que conduz até lá, no topo da montanha. 
Túnel que conduz visitantes ao Ninho da Águia
O ônibus municipal 838 leva os visitantes até o estacionamento, de onde parte outro traslado até o destino final. Ao sair do veículo, é preciso continuar mais 124 metros a pé por um túnel gélido montanha adentro. Por fim, um elevador de decoração requintada conduz os visitantes ao topo, onde há um restaurante. Lá de cima, a 1.834 metros, a vista é um show. Há inúmeras possibilidades de trilhas e caminhadas e o clima é de total tranquilidade. O ar puro, a vista magnífica, literalmente acima das nuvens, vendo o lago Königsee lá embaixo em meio à cordilheira é uma das grandes paisagens naturais da Alemanha. Para quem pretende mergulhar ainda mais em fatos históricos sobre a Segunda Guerra Mundial, o centro de documentação Obersalzberg é um bom lugar para começar. Trata-se de um memorial com uma exibição impressionante – 950 fotos, documentos, cartazes e filmes – sobre o papel do nacional-socialismo na região e sobre o dia a dia da elite nazista. 
Terraço no Ninho da Águia
Ninho da Águia - o refúgio de Hitler
Quem achar o tema muito pesado, porém, sempre terá o ar puro e leve das montanhas, as trilhas para caminhar e um biergarten para degustar uns petisquinhos com cerveja. O importante é que  estado bávaro oferece uma ampla gama de atrações, sejam naturais, históricas, gastronômicas, culturais ou até mesmo esportivas. Munique é só um dos pratos do excelente e completo menu de atrações bávaras, ideal para ser degustado prazerosamente, com a calma e a tranquilidade que a ocasião precisa.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...